Teorias populacionais- Aula do dia 29/09/2008

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Teorias populacionais- Aula do dia 29/09/2008

Mensagem  Kevin Henrique Ribeiro em Qua Out 15, 2008 3:03 pm

Malthusianismo


A preocupação com o aumento populacional no mundo não é um assunto recente. Já no final do século XVII(17 1601-1700), o inglês Thomas Robert Malthus(1766-1834), economista e pastor da igreja Anglicana, preocupado com o crescente aumento populacional e suas consequências socioeconômicaspara a Inglaterra, escreveu uma obra intitulada Ensaio sobre o princípio da população, em que defendia proposições antinatalistas para resolver os problemas relacionados ao aumento populacional.
Segundo Thomas Malthus, a população crescia de forma acelerada (em progressão geométrica-P.G), duplicando a cada 25 anos, enquanto a produção de alimentos cescia de forma bem mais lenta(em progressão aritmética). Essa diferença acabaria resultando no agravamento de problemas sociais, principalmente no aumento da pobreza e da fome.
Dessa forma, para evitar um quadro característico de convulsão social, a população não deveria crescer, tornando-se fundamental a utilização de práticas antinatalistas.
Malthus argumentava que a natureza acabaria por contibuir-por meio de epidemias generalizadas, catástrofes naturais ou mesmo guerras, suprindo uma parte da população. Para garantir o abastecimento satisfatório, seria necessário o controle populacional, conseguido com os seguintes meios:
  • retardamento na idade dos casamentos.
    abstinência sexual.
    planejamento familiar.

Karl Marx(1818-1883) questionou essas idéias argumentando que, na verdade a super população atendia os interesses dos capitalistas.

*Exército industrial de reserva
A teoria de Malthus foi um equívoco, pois, se tivesse havido, de fato, duplicação a cada 25 anos, a população mundial seria aproximadamente 15 bilhões.
Um outro equícoco foi a produção de alimentos, já que Malthus não contava com a revolução técnológica no campo.

Neomalthusianismo


O crescimento populacional ocorido no século XX(20)(explosão demográfica) levou os adeptos de Malthus a criarem uma nova teoria denominada neomalthusianismo.
Essa teoria defende que o aumento populacional é a causada pobreza.
*Quanto maior o número de habitantes menor a renda per capita.
Até que ponto isso é correto?
Como já aprendemos, podemos usar a renda como único indicador socioeconômico?
*E os países que apresentam uma elevada concentração de renda?

Os reformistas


Contrapondo-se ao neomalthusianismo, os chamados reformistas ou marxistas argumentam que a miséria que assola os países pobres é responsável pelo crescimento populacional, e não o contrário. A injustiça social e a péssima distribuição de renda impedem o acesso de 800 milhões de pessoas a meios dignos de sobrevivência.
  • o controle populaciona X qualidade de vida.


Exercícios


Retire do texto seis questões. Em seguida troque o caderno com um colega e respinda-as.
avatar
Kevin Henrique Ribeiro
Moderador
Moderador

Número de Mensagens : 13
Idade : 23
Data de inscrição : 30/09/2008

Ver perfil do usuário http://www.omele.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum